Home / Geral / Barra Velha: Fumaça de incêndio em área de reflorestamento atinge cinco bairros e o Centro da cidade
Slider

Barra Velha: Fumaça de incêndio em área de reflorestamento atinge cinco bairros e o Centro da cidade




21.04 – Desde o início da semana a cidade de Barra Velha vem registrando inúmeros focos de incêndios em vegetação rasteira e áreas de reflorestamento. O fogo tem produzido nuvens de fumaça que está atingindo cerca de seis bairros e o Centro da cidade. Moradores com problemas respiratórios são os que mais estão sofrendo com a situação.

Segundo os Bombeiros Militar, além dos registros de incêndios vegetações rasteiras, nos bairros Itajuba, Quinta dos Açorianos, praia do Tabuleiro e Rua dos Amaros, uma grande área de reflorestamento de pinus, no bairro Vila Nova, está com incêndio subterrâneo em cerca de três mil metros quadrados.

A fumaça provocada pela queima do pinus, se alastrou por vários bairros da cidade de Barra Velha, tendo a Polícia Militar e Bombeiros recebido inúmeras ligações com reclamações nos bairros: Vila Nova; Vila Paraguai; Sertãozinho; Quinta dos Açorianos,  São Cristóvão e Centro da cidade.

O Bombeiros explicam que infelizmente esses incêndios acontecem sempre todo o ano, em época de estiagem, quando o solo fica muito seco. Segundo os socorrista, as guarnições tentam fazer o possível para apagar os focos, já foram gastos cerca de 10 mil litros de água, mas como todo incêndio florestal a queima acaba acontecendo de forma subterrânea e de forma lenta. Segundo os bombeiros, seriam necessários aparelhos específicos como retroescavadeiras para poder revirar a terra e impedir novos focos.

Vale lembrar, que no ano passado os donos desses terrenos foram notificados, entretanto o problema persiste. A Lei ambiental diz que toda área de reflorestamento legal, deve apresentar um projeto de manejo que inclua área escape e aceros, bem como, deve ter uma equipe de brigada de incêndio com no mínimo cinco pessoas para o combate a incêndios.

Amanhã, a Defesa Civil de Barra Velha irá se reunir com a Fundema e representantes de outros órgãos competentes para tomar medidas que possam notificar e exigir dos proprietários dessas áreas de reflorestamento, que apresentam queimadas, uma solução rápida para o problema.

Fonte: Bombeiros – Polícia Militar e Defesa Civil

Por: Vilmar Carneiro

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Comprou ou alugou imóvel? Atenção à titularidade do cadastro da ligação de água

26.07 – Manter o cadastro atualizado na Águas de Penha  é muito importante para que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *