Home / Geral / Boletim Coronavírus: SC inicia imunização de adolescentes e reforço em idosos
Slider

Boletim Coronavírus: SC inicia imunização de adolescentes e reforço em idosos




02.09 – O primeiro dia de setembro foi também o primeiro dia da vacinação em Santa Catarina de adolescentes entre 12 e 17 anos, além do começo da aplicação da dose de reforço em idosos com 85 anos ou mais. O estado entra nesta nova fase após ter encaminhado aos municípios catarinenses doses suficientes para a conclusão do calendário vacinal da população adulta.

As doses separadas aos adolescentes também obedecerão à logística adotada até agora, encaminhando os imunizantes para as Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES). A vacinação dos jovens entre 12 e 17 anos já foi pactuada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). A previsão é de que 549.894 adolescentes sejam vacinados no mês de setembro, a depender do envio de doses pelo Ministério da Saúde.

Paralelamente à vacinação dos adolescentes, os idosos com esquema vacinal completo há mais de seis meses receberão uma dose de reforço. Os primeiros a receberem serão os que têm 85 anos ou mais. Esse complemento seguirá os critérios do Ministério da Saúde e da Anvisa para fortalecer a imunidade das faixas etárias com mais risco, diante do crescimento da circulação da variante Delta no país.

Fonte: Secom

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"



Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News" no Telegram!

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Ciclone Extratropical – Ventos de até 132 km/h deixam rastro de destruição na região

11.08 – Os fortes ventos que atingiram a região na quarta-feira chegaram ao pico de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *