Home / Geral / Ciclone Bomba deixa marcas de destruição nas cidades de Barra Velha, Penha e Balneário Piçarras
Slider

Ciclone Bomba deixa marcas de destruição nas cidades de Barra Velha, Penha e Balneário Piçarras




01.07 – O ciclone extratropical, conhecido como Ciclone Bomba, com ventos de até 126 quilômetros por hora, que atingiu inúmeras cidades catarinenses, no final da tarde de ontem (30), deixou marcas de destruição nos municípios de Barra Velha, Balneário Piçarras e Penha. Não houve registros de vítimas fatais, de desabrigados, mas sim de grandes danos materiais em residências e edificações públicas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, todas as regiões do estado foram afetadas, faltou energia elétrica para mais de um milhão e meio de consumidores em todos Estado, comprometendo o sistema de telefonia e internet. Várias cidades da região do litoral norte catarinense, hoje pela manhã, ainda tinha regiões sem energia elétrica e o sinal de telefonia e de internet prejudicados.

Em Barra Velha, a Defesa Civil contabilizou vários destelhamentos de residências, quedas de árvores e de placas de publicidades. O bairro Quinta dos Açorianos foi o mais atingido com quedas de árvores. A tocha da estátua da Havan, localizada às margens da Br-101, foi levada pelo vento e recolhida hoje penha manhã no bairro Icaraí. Segundo a Defesa Civil, o município não registrou vítimas e também desabrigados.

Em Balneário Piçarras a Defesa Civil informou que as rajadas de vento registradas ontem, causaram prejuízos materiais. Não houve ocorrência de desabrigados. O vento causou queda de árvores – provocando a interdição de algumas ruas, danos à fiação elétrica e destelhamentos, queda de muros e estouro de vidros.

Os estragos foram contabilizados também em equipamentos públicos com danos em Ginásios, Escolas Municipais e equipamentos de Saúde. O Laboratório Municipal cancelou todas as coletas de sangue desta quarta-feira (01) e fica fechado devido ao destelhamento, que atingiu grande parte do local.

Em Penha, equipes do Governo Municipal Penha e da Defesa Civil, incluindo Secretaria de Serviços Urbanos, além de demais integrantes do Grupo de Resposta e Ação Coordenada (GRAC) passaram a noite e a madrugada desobstruindo vias e atendendo solicitações de moradores atingidos pelo vendaval desta terça-feira, 30 de junho, e que causou prejuízos em todo o Município.

O prefeito Aquiles da Costa prepara um decreto local de situação de emergência na cidade, e reunirá o GRAC durante o dia, para avaliar os prejuízos. Ontem, às 18h, houve a primeira reunião emergencial do grupo, no auditório da Secretaria de Educação, no centro da cidade.

Na primeira reunião de ontem, Aquiles dividiu a cidade em cinco regiões para atuação do GRAC – incluindo Centro, Armação do Itapocoróy, Santa Lídia, Gravatá e demais bairros. O telefone da Secretaria de Educação – 3345.4025 – está de plantão para solicitações da comunidade, já que números de telefonia celular estão intermitentes.

Durante a madrugada, servidores de Serviços Urbanos e também da Administração, além da Defesa Civil, atuaram nos pontos mais críticos. Não há desalojados ou desabrigados, mas o trabalho de desobstrução de vias é intenso.

Além de vias obstruídas por quedas de árvores, placas e postes, houve muito prejuízo em casas particulares, e a manhã desta quarta-feira já foi de limpeza na maioria delas.  No patrimônio público, também houve prejuízos. A Creche Simone Reis de Souza, da Praia Alegre, foi atingida; a Creche João Batista da Cruz, no Mariscal, sofreu danos no telhado, e a Escola Antônio Joaquim Tavares, do São Cristóvão, foi destelhada e teve boa parte do muro destruído, entre outros pontos, como a Escola Básica Municipal Horacina Soares Francisco, da Cohab, onde o vento chegou a arrancar a grama sintética da quadra. O Ginásio de Esportes Sebastião João de Souza, no Centro, da Fundação Municipal de Esportes (FME).

Em Santa Lídia, uma estrutura de concreto caiu e atingiu dois veículos de professores, que estavam no estacionamento da Escola Edith Prates. Felizmente ninguém se feriu.

Por: Vilmar Carneiro

Fotos: Redes Sociais

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Frio à rola! Friaca chega com geada e congela a galera da Cohab da Penha e na Lagoa em Balneário Piçarras

30.07 – Penha e região tiveram possivelmente a manhã mais fria do ano no dia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *