Home / Geral / Coronavírus Decreto torna obrigatório uso de máscaras em Balneário Piçarras
Slider

Coronavírus Decreto torna obrigatório uso de máscaras em Balneário Piçarras




16.04 – Foi publicado nesta quinta-feira (16) no Diário Oficial dos Municípios o decreto 42/2020, que trata da organização administrativa à prevenção e combate ao Coronavírus em Balneário Piçarras. Uma das principais medidas – que impacta diretamente a população – é a obrigatoriedade do uso de máscaras pelas pessoas que circulam em vias públicas.

A medida toma por base as orientações da Secretaria Estadual de Saúde de Santa Catarina (Portaria 224/2020) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que explicou a importância do uso “o coronavírus é espalhado por gotículas espalhadas pelo ar, chamadas aerossóis, quando pessoas infectadas conversam, tossem ou espirram. Esses aerossóis ficam suspensos no ar e podem ter sua disseminação diminuída pelo uso de máscaras não profissionais”.

Para o prefeito Leonel Martins, a ação é importante e deverá ser seguida da conscientização. “A medida busca a proteção das pessoas que, por forças maiores, necessitam transitar em vias públicas. Esperamos a conscientização da população para que se adaptem ao uso de máscaras. Neste momento necessitamos pensar no próximo”, frisou.

O uso preferencial é por máscaras reutilizáveis e caseiras, estimulando soluções de baixo custo e que também fazem o papel da proteção contra o coronavírus, deixando as máscaras profissionais para utilização nos serviços de saúde. As pessoas que não cumprirem com o estabelecido, estão sujeitas as penas previstas para crimes de infração de medida sanitária preventiva e de desobediência, ambos descritos no Código Penal, nos artigos 268 e 330, respectivamente.

O Decreto 42/2020 também traz medidas restritivas ao funcionamento do trade turístico – formado principalmente por hotéis, bares e restaurantes – e estabelecimentos do comércio em geral, indo ao encontro do estabelecido pelo Governo do Estado.

Cuidados.

As máscaras podem ser feitas em casa, mas também podem ser adquiridas no comércio ou diretamente de artesãos. É importante lembrar que seu uso é por um período de poucas horas, em situações de saída da residência, e sempre se respeitando a distância entre as pessoas. Além disso, não devem ser manipuladas enquanto a pessoa estiver na rua e, antes de serem retiradas, deve-se lavar as mãos.

Fonte: PMBP

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Navegantes: Acontece amanhã na praia do Gravatá e na Central o mutirão “Limpando o Mundo”

17.09 – O Grupo de Trabalho de Educação Ambiental de Navegantes com o apoio da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *