Home / Geral / Coronavírus: Penha descarta mais um caso suspeito de coronavírus
Slider

Coronavírus: Penha descarta mais um caso suspeito de coronavírus




20.03 – A secretaria de saúde de Penha confirmou, nesta sexta-feira, dia 20, que deu negativo o exame do segundo dos seis casos suspeitos no município. Com isso, ficam sendo até o momento apenas 04 suspeitos de fato, aguardando o resultado dos exames. Por enquanto a cidade continua sem nenhum caso confirmado.

Os limites da cidade também passam, a partir de hoje, a estar bloqueados e/ou controlados. Haverá duas saídas e entradas com monitoramento pelas autoridades de trânsito e policiais, onde veículos policiais, médicos, bombeiros, transporte de abastecimento, e moradores que trabalhem fora da cidade poderão passar (mediante apresentação de comprovante de residência) que ficarão no portal da divisa com Navegantes e no portal na divisa com Balneário Piçarras. As demais entradas estarão todas bloqueadas.

O gabinete de crise criado para lidar com a epidemia do coronavírus também já está fazendo ações contra banhistas nas praias do município. Segundo o decreto estadual 251, do governador Carlos Moisés, assinado na tarde de ontem, dia 19, “ficam proibidas a concentração e a permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praças e praias, em todo o território catarinense”. As autoridades municipais e policiais vão fazer cumprir essa determinação também em Penha.

Fonte: Secretaria de Saúde Penha

 

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Penha: Obras de extensão de rede beneficiam moradores no bairro Nossa de Fátima

02.08 – Para reforçar o abastecimento e assegurar um sistema mais moderno e eficiente, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *