Home / Geral / Já tem fila: Morastoni sugere ‘aplicação de ozônio pelo ânus’ para tratar Covid-19
Slider

Já tem fila: Morastoni sugere ‘aplicação de ozônio pelo ânus’ para tratar Covid-19




04.08 – O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni (MDB), sugeriu a aplicação de ozônio pelo ânus para pacientes que apresentem sintomas do novo coronavírus (Covid-19). A cidade acumula 3.823 casos e 101 mortes relacionadas à pandemia, conforme dados da SES (Secretaria de Estado da Saúde).

O anúncio foi feito em uma live durante a noite de ontem (3). Em julho, a prefeitura havia começado a distribuir ivermectina para a população como tratamento preventivo a Covid. O medicamento não tem eficácia comprovada contra a doença. O prefeito é também médico.

“Até o final dessa semana eu quero poder estar iniciando essa outra nova etapa que vai se somando com as outras medidas que estamos fazendo”, afirmou Morastoni.

O prefeito explica que Itajaí se inscreveu no Conep (Conselho Nacional de Ética e Pesquisa) para entrar no protocolo nacional de pesquisa do ozônio. Morastoni ainda cita outros tratamentos como a cânfora, ivermectina e azitromicina.

Poderão utilizar o tratamento, segundo o prefeito, apenas casos positivos que apresentem algum sintoma da Covid-19. “É uma aplicação simples, rápida de dois a três minutos por dia, provavelmente uma aplicação via retal”, pontuou. Morastoni ainda afirma que o ozônio tem um “resultado excelente” contra a doença.

“É uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima, num cateter fininho, e isso dá um resultado excelente. Nós vamos em breve estar implantando isso também. A pessoa tem que fazer por dez dias seguidos, dez sessões, e isso ajuda muitíssimo em casos positivos de coronavirus”, afirmou.

Ainda não há a definição do local que servirá como laboratório para a atividade. A tendência, segundo o prefeito, é que funcione no antigo pronto atendimento do Hospital São Vicente.

Fonte: ND+

 

 

 

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Frio à rola! Friaca chega com geada e congela a galera da Cohab da Penha e na Lagoa em Balneário Piçarras

30.07 – Penha e região tiveram possivelmente a manhã mais fria do ano no dia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *