Home / Geral / Penha: Está liberado o consumo de ostras e mexilhões de cultivo da área de Armação do Itapocorói
Slider

Penha: Está liberado o consumo de ostras e mexilhões de cultivo da área de Armação do Itapocorói




17.03 – A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural comunica a liberação dos cultivos de ostras e mexilhões da localidade Armação do Itapocorói, no município de Penha. A partir de ontem, 16, está autorizada a retirada e comercialização de ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área.

A liberação dos cultivos ocorreu após os resultados laboratoriais comprovarem que os moluscos podem ser consumidos em segurança.

Os cultivos de ostras e mexilhões de Praia Alegre, também em Penha, seguem interditados. Ficando proibida a retirada e comercialização de ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área.

A medida foi necessária após exames laboratoriais detectarem a concentração de coliformes fecais acima dos limites permitidos para o consumo de moluscos bivalves nessa região.

Monitoramento constante

A Cidasc segue com o monitoramento constante das áreas de produção de moluscos interditadas e arredores. Os resultados dessas análises definirão a liberação ou a manutenção das interdições das áreas afetadas. As localidades interditadas serão liberadas após dois resultados consecutivos que demonstrem que os moluscos estão aptos para o consumo.

Santa Catarina é o único estado do país que realiza o monitoramento permanente das áreas de cultivo. O Programa Estadual de Controle Higiênico Sanitário de Moluscos é um dos procedimentos de gestão e controle sanitário da cadeia produtiva, dando garantia e segurança para os produtores e consumidores.

Santa Catarina é o maior produtor nacional de moluscos, com 39 áreas de produção distribuídas em 11 municípios do Litoral. O setor gera mais de 1.900 empregos diretos e a produção gira em torno de 13 mil toneladas de mexilhões, ostras e vieiras.

Fonte: Cidasc

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Fatura muito alta? Atenção, sua casa pode ter um vazamento

15.10 – Sua fatura veio muito alterada? Fique atento, pois você pode ter um vazamento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *