Home / Geral / Tem que ser estudado pela Nasa: Motorista usa rodo como limpador de para-brisa em Curitibanos
Slider
O veículo foi apreendido e o motorista liberado - Foto/G1

Tem que ser estudado pela Nasa: Motorista usa rodo como limpador de para-brisa em Curitibanos




24.09 – Um motorista foi flagrado usando parte de um rodo como limpador de para-brisa em Curitibanos, no Oeste catarinense, ontem (23). Ele foi parado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que também constatou outras irregularidades, como uma criança que era transportada sem cadeirinha.

O flagrante ocorreu na SC-120, por volta das 11h50. De acordo com a PMRv, o motorista não era habilitado. Ele dirigia um Gol, que também não estava licenciado. Além disso, ninguém usava cinto de segurança. Os pneus do veículo também estavam em mau estado, conforme a PMRv.

O condutor levava dois passageiros: a criança e outra pessoa. O motorista não disse à polícia por que usou o rodo no limpador de para-brisa. A PMRv não informou a idade da criança. Após o flagrante, o carro foi recolhido e encaminhado a um pátio conveniado. O motorista foi liberado.

O fato viralizou nas redes sociais e internautas teceram comentários que vão desde o motorista ser estudado pela Nasa. “Brasileiro é engenhoso e arruma solução para tudo, por isso, a gente sempre ouve a frase: o brasileiro precisa é ser estudado pela Nasa”, disse um internauta.

Fonte: G1

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"



Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News" no Telegram!

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Novo Fórum – Comarca de Penha é oficialmente instalada

12.08 – O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) oficializou a instalação da Comarca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *