Home / Geral / Tire suas dúvidas sobre o reajuste da tabela do magistério em SC
Slider

Tire suas dúvidas sobre o reajuste da tabela do magistério em SC




20.10 – Nesta semana, o Governo do Estado apresentou à Assembleia Legislativa o projeto de lei que trata do reajuste da tabela do magistério. A iniciativa se soma à da remuneração mínima e é mais um passo no sentindo de valorizar os professores e a qualificação.

O mínimo remuneratório de R$ 5 mil para o professor com curso superior e carga horária de 40 horas será mantido?

A remuneração mínima adotada neste ano continua valendo. Assim, por exemplo, nenhum professor com curso superior e jornada semanal de 40 horas receberá menos de R$ 5 mil. No caso dos níveis salariais abaixo da remuneração mínima, um complemento será pago, da mesma forma como ocorre atualmente.

Como o Estado valoriza a qualificação do professor com este projeto?

R.: Os níveis mais altos de qualificação do magistério terão os maiores reajustes na tabela. No caso dos professores com doutorado, por exemplo, o reajuste passa de 56%.

Como faço para avançar na carreira?

R.: O Governo do Estado está investindo na oferta de bolsas de pós-graduação para os professores, inclusive para mestrado e doutorado. Fique atento às notícias da Secretaria de Estado da Educação para saber quando houver a publicação de novos editais.

Qual o impacto financeiro do projeto apresentado?

R.: O Governo do Estado vai investir mais de R$ 1 bilhão em 2022 para garantir tanto a remuneração mínima quanto o reajuste da tabela do magistério.

O reajuste da tabela do magistério se aplica aos servidores inativos?

R.: Sim, os professores aposentados também terão seus benefícios reajustados e o mínimo remuneratório garantido.

Qual o valor salarial máximo que o professor pode atingir na rede estadual?

R.: Considerando professores que tenham concluído doutorado e outros benefícios como o triênio, o salário máximo da rede estadual é de até R$ 11 mil.

A partir de quando o novo plano de carreira começa a valer?

R.: O projeto de lei que estabelecerá a nova tabela prevê o pagamento a partir de janeiro de 2022.

Fonte: Secom

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Penha: Câmara de Vereadores define os membros da CPI do Rabecão

03.12 – Célio Francisco (PSDB), Everaldo Dal Pozzo (PL), Luiz Fernando Vailatti (Podemos), Mário Moser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *