Home / Policia / Barra Velha: Suspeito de matar pedreiro no bairro São Cristóvão alega legítima defesa
Slider

Barra Velha: Suspeito de matar pedreiro no bairro São Cristóvão alega legítima defesa




10.12 – O suspeito de matar o pedreiro Gilmar Padilha de Moraes, 38 anos, após uma discussão em bar no bairro São Cristóvão, em Barra Velha, na noite de sexta-feira (6), se apresentou e foi ouvido pela Polícia Civil na tarde de ontem (9).

De acordo com o delegado Eduardo Ferraz, o suspeito prestou depoimento e alegou legítima defesa na morte de Gilmar que foi esfaqueado no abdomem e tórax. Segundo o delegado, o suspeito disse que a vítima teria partido pra cima dele com um pedaço de madeira e ele teria reagido com a faca.

Além do suspeito, outras testemunhas foram ouvidas. De acordo com os relatos, houve uma discussão no bar durante um jogo de sinuca. Ainda segundo as pessoas ouvidas pela polícia já existia um problema de relacionamento entre o suspeito e a vítima, que possuem parentesco.

O delegado informou que o pedaço de madeira que, segundo o suspeito, teria sido utilizado pela vítima para agredi-lo não foi encontrado pelos policiais que atenderam a ocorrência. A perícia deverá confirmar se ela estava ou não no local do crime.

O inquérito deve ser finalizado nos próximos dias. O delegado ainda deve ouvir algumas testemunhas para avaliar a necessidade do pedido de prisão do suspeito.

Fonte: ND

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Tava clonado: Dupla é presa na BR-101 com carro roubado no Paraná

22.09 – A Polícia Rodoviária Federal, com apoio da PM, recuperou na manhã de hoje …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *