Home / Policia / Briga em Alto Mar: Marinha do RS resgata pescador de Penha com facada no pescoço
Slider

Briga em Alto Mar: Marinha do RS resgata pescador de Penha com facada no pescoço




05.05 – Uma briga em alto mar, há cerca de dois dias, em um barco pesqueiro de Penha, resultou e um tripulante ferido por um golpe de faca. O pescador teve que ser resgatado pelo helicóptero da Marinha, da Delegacia da Capitania dos Portos da cidade do Rio Grande, do Rio Grande do Sul.

Segundo informações da tripulação, G. A. N., morador de Penha, acertou um golpe com uma faca atingindo o pescoço de um dos pescadores, que não teve a identidade revelada, mas também morador de Penha. A discussão teria sido durante a madrugada, por volta das 4h, quando o pesqueiro estava em alto mar na costa do Rio Grande do Sul.  Com a violência do golpe, o cabo da faca saiu da lâmina deixando a mesma enterrada no pescoço da vítima.

De acordo com informações da Marinha, o resgate foi feito por volta das 11h30, dos dia 3, a aproximadamente 15 milhas náuticas de distância do canal da barra do porto da cidade de Rio Grande/RS. Após o resgate, o tripulante foi conduzido à ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

G.A.N foi preso pela Capitania dos Portos. O nome da vítima não foi revelado. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Com informações: OISC

Foto: Marinha do Brasil

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Caso Vanessa: Morte de mulher encontrada morta embaixo da cama será investigado como feminicídio

27.07 – A Polícia Civil instaurou ontem, 26, inquérito para investigar o assassinato de Vanessa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *