Home / Policia / Caso Gabriella: Negado pedido de prisão domiciliar para o réu Leonardo Natan
Slider

Caso Gabriella: Negado pedido de prisão domiciliar para o réu Leonardo Natan




08.04 – Com relação ao processo envolvendo o caso Gabriella Custódio Silva, o juiz Gustavo Henrique Aracheski, titular da Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Joinville, negou na tarde desta quarta-feira (8) o pedido de prisão domiciliar protocolado na terça-feira (7) pelos advogados de defesa do acusado Leonardo Natan Chaves Martins.

Em sua decisão, o magistrado ponderou que o pedido foi negado porque não há notícia de eventual gravidade do quadro de hipertensão e, tampouco, de contágio no presídio. Além disso, o júri já está marcado para o dia 20 de maio, às 9 horas, no Fórum de Joinville.

Devido à pandemia de coronavírus, a defesa de Leonardo protocolou o pedido de prisão domiciliar junto à Justiça. Segundo a defesa do acusado, o pedido tem como base o grupo de risco de contaminação do coronavírus no qual Leonardo se encaixaria porque seria hipertenso. O pedido foi protocolado na segunda-feira e hoje foi negado.

Relembre o crime

Gabriella Custódio Silva, moradora de Armação do Itapocorói, em Penha, foi morta com um tiro por volta das 17h30 do dia 23 de julho na rua Arno Krelling, no Distrito de Pirabeiraba, na zona Norte de Joinville. Gabriella teria sido atingida por um disparo de arma de fogo dentro de casa, colocada no porta-malas de um Chevrolet Captiva e levada ao Hospital Bethesda. Leonardo teria deixado Gabriella no hospital já sem vida.

Após deixá-la no hospital, Leonardo Nathan fugiu do local. A partir da placa do veículo foi descoberto que o proprietário era o marido da vítima.

Vale lembrar, que o pai do acusando foi encontrado morto, dentro de um carro no dia 16 de fevereiro, em São Francisco do Sul. Ele teria sido vítima de uma execução.

Fonte: Tribunal de Justiça

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Barra Velha: Idoso é encontrado morto com sinais de facadas no rosto no bairro São Cristóvão

26.07 – Um homem de 64 anos, foi encontrado morto, com sinais de agressão, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *