Home / Policia / Crueldade: Polícia flagra mais de 100 pessoas em rinha de galo em Massaranduba
Slider

Crueldade: Polícia flagra mais de 100 pessoas em rinha de galo em Massaranduba




19.07 – A Polícia Militar flagrou mais de 100 pessoas em uma rinha de galo na tarde ontem (18), por volta das 14h, em Massaranduba. A atividade proibida por lei acontecia em um galpão na SC-108, no bairro Patrimônio.

A Polícia Militar Ambiental encontrou no local mais de 100 pessoas, que além estarem promovendo a briga de galos, a maioria dos frequentadores não cumpria as medidas sanitárias previstas, como uso de máscara e álcool em gel.

No local além de ser apreendido a quantia de R$ 70 mil reais que eram utilizado para apostas, foram encontrados 80 galos, todos mantidos sob condições precárias e vários deles já apresentando ferimentos graves decorrentes da prática cruel, caracterizando ainda mais a condição de maus-tratos. As aves foram recolhidas pela CIDASC de Joinville para destinação adequada

Também foram lavrados 100 Termos Circunstanciados e serão confeccionados 100 Autos de infração ambiental por maus tratos aos animais para os envolvidos. Inclusive, foi autuado o proprietário do galpão por descumprimento ao Decreto de enfrentamento à pandemia do COVID-19 em razão da aglomeração de pessoas no local.

Fonte: PMA

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Barra Velha: Idoso é encontrado morto com sinais de facadas no rosto no bairro São Cristóvão

26.07 – Um homem de 64 anos, foi encontrado morto, com sinais de agressão, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *