Home / Policia / Fábrica clandestina de cocaína e maconha é descoberta em Araquari
Slider

Fábrica clandestina de cocaína e maconha é descoberta em Araquari




12.11 – Uma fábrica clandestina de maconha e cocaína foi descoberta pela polícia ontem (11) em Araquari. Drogas, munições e materiais usados para produção e distribuição dos entorpecentes foram apreendidos na ação.

O local foi descoberto após um homem ser preso em Curitiba, no Paraná. De acordo com a Polícia Militar, equipes do Bope-Rone (Batalhão de Operações Policiais Especiais – Rondas Ostensivas de Natureza Especial) paranaense receberam a informação de que um veículo catarinense estaria levando drogas para serem entregues no Estado.

Na abordagem, os policiais encontraram 1kg de cocaína e cerca de R$ 8 mil. Ao ser questionado sobre a origem da droga, o motorista, então, informou que na casa dele, em Araquari, havia uma fábrica clandestina para fabricação dos entorpecentes.

Equipes da Polícia Militar de Joinville e Araquari foram acionadas e se dirigiram até o local. Na casa, eles encontraram ventiladores, embalagens, além de uma máquina usada na produção das drogas.

Também foram apreendidos mais de 33 kg de maconha, 6 kg de cocaína, 12 munições .40 e 9 kg de celulose microcristalina, usada na fabricação de cocaína.

O suspeito foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia. O carro, usado para transportar a droga, também foi apreendido.

Fonte e foto: ND+

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Araquari: Mulher encontra mãe e pai mortos a tiros dentro de casa no bairro Itinga

30.07 – Na madrugada de hoje, por volta das 4h, Nelson de Souza, de 54 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *