Home / Policia / Gaspar: Idosa é presa após incendiar casa com bebê dentro no bairro Santa Terezinha.
Slider
A idosa e a criança sofreram queimaduras de 1º e 2º grau - Foto/Divulgação

Gaspar: Idosa é presa após incendiar casa com bebê dentro no bairro Santa Terezinha.




04.11 – Uma senhora de 66 anos foi presa pela Polícia Militar na tarde de ontem (3), por volta das 16h, por tentativa de homicídio. A mulher se trancou em um quarto com um bebê de apenas um ano e oito meses oito e botou fogo no imóvel. O caso aconteceu na Rua São Bento, no bairro Santa Terezinha, em Gaspar.

A criança sofreu queimaduras de 1º e 2º grau e foi levada ao hospital de cidade. Para os policiais a mãe da criança afirmou que o incêndio foi causado pela idosa, que é avó do bebê. Conforme a mulher, a idosa se trancou no quarto com a criança e ateou fogo em um colchão. A avó da criança também sofreu queimaduras pelo corpo e precisou de atendimento médico.

A bebê foi retirada pela mãe e a idosa por populares e encaminhadas pelo Samu e pelos bombeiros militares para o Hospital Nossa Senhora Perpétuo Socorro.

Parte do fogo já havia sido controlado por vizinhos, mas os bombeiros precisaram utilizar quase dois mil litros de água para extinguir o foco de incêndio. As chamas destruíram parte do imóvel que foi isolado para posterior investigação.

Enquanto estava no hospital a polícia emitiu um mandado de prisão por homicídio doloso tentado contra a idosa.

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"



Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News" no Telegram!

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Investigação – Polícia Civil investiga morte de criança de três anos em Penha

13.08 – A Polícia Civil investiga a morte do menino B.J., de três anos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *