Home / Policia / Itajaí: Guardas de trânsito impedem suicídio de mulher que estava se mutilando no Saco da Fazenda
Slider
A mulher estava tentando cortar os pulsos e o pescoço - Foto/Divulgação

Itajaí: Guardas de trânsito impedem suicídio de mulher que estava se mutilando no Saco da Fazenda




15.09 – Na tarde de ontem, guardas de trânsito de Itajaí impediram que uma mulher tirasse a própria vida na Avenida Victor Konder, próximo do estacionamento da Marina Itajaí, no Saco da Fazenda, em Itajaí. Em estado depressivo a vítima estava cortando os pulsos e o pescoço.

De acordo com os guardas a mulher teria ingerido psicotrópicos numa tentativa de suicídio. Ela estava sentada sobre as pedras da lateral do Saco da Fazenda tentando se cortar.

A mulher disse aos agentes que vinha sofrendo com um relacionamento conjugal abusivo, que desencadeou num quadro depressivo que a fez tentar tirar a própria vida.

Ela foi aconselhada pelos Bombeiros a receber atendimento especializado e em seguida encaminhada ao hospital Marieta Konder Bornhausen para atendimento médico e psicológico.

Ajuda emocional

Caso esteja passando por algum problema emocional ou pensando em suicídio, ligue para o Centro de Valorização da Vida, o CVV.  Os voluntários da ONG oferecem apoio emocional gratuito através de telefone, e-mail ou chat, 24 horas por dia. Para entrar em contato com o CVV, disque 188 ou acesse o site www.cvv.org.br.

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Araquari: Polícia Federal deflagra operação para combater derrame de notas falsas de reais na região

22.10 – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira a operação “Mascada 2”, com o objetivo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *