Home / Policia / Navegantes: Internauta é condenado por chamar enfermeira de “verme”
Slider

Navegantes: Internauta é condenado por chamar enfermeira de “verme”




22.10 – Um homem foi condenado a seis meses de detenção, em regime semiaberto, por desacatar uma enfermeira em uma publicação em rede social. Ele teria xingado a profissional de “escrota” e “verme”. A decisão foi prolatada na segunda-feira, 18, em Navegantes.

Segundo a denúncia do Ministério Público, no dia 29 de novembro de 2017, por volta das 22h15, por meio do Facebook, o denunciado desacatou a enfermeira, pertencente ao quadro de servidores municipais de Navegantes, que no momento dos fatos estava no exercício de sua função.

Em sua defesa, o homem argumentou que as ofensas não foram proferidas “na presença e diretamente à funcionária pública, mas pelo Facebook”. Afirmou que houve, no caso, um desabafo, o qual foi publicado em exercício do direito de liberdade de expressão.

Decisão

Ao analisar o caso, a juíza substituta Vara Criminal da comarca de Navegantes, Helena Vonsovicz Zeglin, constatou que as palavras proferidas pelo acusado em relação à ofendida, em razão da função pública exercida, tiveram como propósito único desacatá-la. “Em razão do excesso cometido, a conduta do acusado não se trata de mero desabafo, de modo que não encontra salvaguarda no direito à liberdade de expressão”, cita na sentença.

Via: O Município/Joinville

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Ração batizada: PRF apreende mais de 200 mil reais em maconha escondida em sacos de ração animal em Itajaí

02.12 – A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na manhã de ontem (01), na BR 101 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *