Home / Policia / O drone flagrou: Pescador é preso por pesca ilegal de camarão na costa de Penha

O drone flagrou: Pescador é preso por pesca ilegal de camarão na costa de Penha




07.04 - Na manhã desta quarta-feira (7), a Polícia Federal, com apoio do IBAMA, em combate à pesca ilegal de camarão em período de defeso, flagrou uma baleeira na costa de Penha fazendo o arrasto. O uso de um drone permitiu a filmagem do crime à distância e a abordagem da embarcação enquanto praticava a pesca ilegal. O responsável pela barco foi preso em flagrante.

O pescador detido é natural de Penha, mas reside atualmente na cidade de Guaratuba, no Paraná. Ele estava acompanhado de um parente, menor de idade, de 16 anos.

O homem foi autuado e multado administrativamente pelo Ibama. O crime que tem pena é de três anos de detenção. A embarcação foi inspecionada e autuada pela Marinha do Brasil por apresentar várias irregularidades.

Foram apreendidos 355 quilos de camarão, além de redes, outros instrumentos de pesca e a própria embarcação. A carga  apreendida foi destinada à Marinha do Brasil. A baleeira foi levada para o porto de Itajaí à reboque pela Marinha do Brasil.

Vela lembrar, que o período do defeso do camarão na costa de  Santa Catarina se iniciou no dia 1º de março e vai até o dia 31 de maio. Durante esse período a pesca é proibida e tem por objetivo permitir que o camarão se reproduza.

Fonte e foto: PF

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Garuva: Momentos de terror durante assalto com arma na cabeça de menina de 8 anos e ameaça de cortar os dedos da criança

08.04 – Uma família viveu momentos de terror durante um assalto na noite de ontem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *