Home / Policia / TIRO NA TESTA: POLÍCIA ACREDITA QUE EX-SOGRO DA JOVEM PENHENSE, GABRIELLA CUSTÓDIO, FOI EXECUTADO
Slider

TIRO NA TESTA: POLÍCIA ACREDITA QUE EX-SOGRO DA JOVEM PENHENSE, GABRIELLA CUSTÓDIO, FOI EXECUTADO




19.02 – A principal hipótese da Polícia Civil para a morte de Leosmar Martins, encontrado morto dentro de um carro em São Francisco do Sul, no último domingo (16) é que tenha sido uma execução, disse o delegado responsável pela investigação, Rafaello Ross. A vítima, de 41 anos, foi assassinada dentro do próprio veículo. Pelas primeiras informações da polícia, três pessoas estiveram envolvidas no homicídio.

Leosmar Martins é pai de Leonardo Nathan Chaves, de 21 anos. Os dois são acusados de envolvimento na morte da companheira de Leonardo, Gabriella Custódio da Silva, em julho de 2019, em Joinville. Os dois estavam com júri marcado para março.

Inicialmente, os dois crimes não estão ligados, conforme o delegado. “Em princípio, não há nada de concreto, são informações superficiais. Não temos nada até o momento que ligue um fato ao outro. O que nós estamos percebendo até o momento é de que tratou-se realmente de uma execução”, afirmou Ross.

“Temos algumas informações iniciais que dão conta de que ele estava na companhia de três pessoas momentos antes da prática do crime. Então isto nos levar a crer que três pessoas participaram do crime. Temos informações testemunhais de que estas três pessoas teriam se evadido a pé logo após a execução”, disse o delegado.

Morte

O veículo estava estacionado às margens da BR-280, no Bairro Acaraí, e foi encontrado por volta das 21h de domingo. De acordo com o delegado, o corpo estava no banco do passageiro. “[O homem estava] amarrado com as mãos para frente, com disparo de arma de fogo na cabeça”, afirmou.

Leomar respondia em liberdade por fraude processual e porte ilegal de arma de fogo. O filho dele está preso preventivamente, acusado de homicídio duplamente qualificado e feminicídio. Em dezembro, a Justiça marcou para março o júri de pai e filho pela morte de Gabriella.

Morte de Gabriella Custódio

Gabriella Custódio, de 20 anos, foi morta com um tiro no peito. No dia 23 de julho, a jovem foi levada até o Hospital Bethesda por Leonardo, que fugiu em seguida. Ele afirma que o tiro foi acidental e, conforme a investigação, e teria entrado em contato com pai para pedir ajuda.

Na ocasião, a Justiça entendeu que, embora o réu tenha alegado que a arma disparou acidentalmente, essa questão será analisada pelo júri. Segundo o entendimento do juiz, ao se desfazerem da arma, filho e pai impediram que fosse feita perícia na pistola, o que poderia comprovar a versão deles.

Fonte: G1

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Porto Belo: Mulher é encontrada morta em banheira de quarto de motel

02.08 – Uma mulher foi encontrada morta na banheira de um motel na tarde de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *