Home / Cultura / Luto: Morre Luiz Fernando Melara, maestro que musicou o Hino de Barra Velha
Slider
Melara foi velado no domingo em Joinville e sepultado na segunda-feira, em Curitiba, sua cidade natal. Foto/Divulgação

Luto: Morre Luiz Fernando Melara, maestro que musicou o Hino de Barra Velha




01.09 – A música e o canto coral perderam um expoente que deixou sua marca em Santa Catarina e de maneira específica, em Barra Velha: o maestro Luiz Fernando Melara, 78 anos, responsável por musicar o Hino de Barra Velha, morreu no domingo (29 de julho), em Joinville.

Melara atuou em dezenas de Corais de Joinville e em Curitiba, no Paraná, onde nasceu, mas também durante muitos anos esteve à frente do Coral da Scar, em Jaraguá do Sul, segundo informou o Jornal do Vale, do jornalista Flávio José Brugnago.

O maestro sofria de Alzheimer e várias foram as causas da morte, segundo familiares. Além das complicações do próprio Alzheimer, ou ainda um quadro de sepse e insuficiência cardíaca. A sua trajetória profissional contribuiu para qualificar os corais que regeu.

Segundo os amigos, ele era dedicadíssimo – formado em piano, mas também em canto coral. Parte do tempo dedicava também a composições e arranjos.

Melara foi velado no domingo em Joinville e sepultado na segunda-feira, em Curitiba, sua cidade natal. Em Jaraguá do Sul, além do trabalho musical, deixou muitos amigos. A amizade com a escritora, musicista e poetisa Deborah de Pádua Júlio fez com ele musicasse sua composição dedicada a Barra Velha, no final dos anos 90.

Em 22 de julho de 2008, o prefeito Valter Zimmermann (DEM) sancionava a lei 799/2008, e oficializava a canção como Hino Oficial do Município, atendendo a um antigo pedido de Dona Débora.

Desde então, escolas públicas da rede municipal de ensino executam regularmente esse Hino, e também as solenidades do Governo Municipal, da Casa de Leis, do movimento lojista, entre outros, dando o devido reconhecimento à criação, decorrente da inspiração de Deborah e do talento musical do maestro.

Dona Deborah, falecida em 2014, veraneava em Barra Velha desde os anos 60, e passou a residir definitivamente na cidade em 1976. Em entrevista ao historiador Juliano Bernardes, a musicista reconheceu que a parceria com o maestro Melara foi fundamental para compor uma música tocante e com ares de composição erudita.

Por: Juvan de Souza Neto

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Cultura: Começa amanhã a 6ª Feira do Livro de Balneário Piçarras

30.09 – A Fundação Municipal de Cultura abre amanhã, dia 1º de outubro, a sexta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *