Home / Geral / Penha: Golfinho encontrado no Recanto da Lola, na praia da Saudade, era um Nariz de Garrafa adulto
Slider

Penha: Golfinho encontrado no Recanto da Lola, na praia da Saudade, era um Nariz de Garrafa adulto




23.11 – O golfinho encontrado no início da manhã de ontem (22), no Recanto da Lola, na Praia da Saudade, no Centro, de Penha, era da espécie Tusiops Truncatus, popularmente conhecido como “Golfinho Nariz de Garrafa”. O animal foi analisado pela equipe do Projeto de Monitoramento das Praias da Bacia de Santos, com sede em Armação do Itapocorói, em Penha.

De acordo com os biólogos, ele era um macho, com dois metros e 35 centímentos e pesava 248 quilos. Ele tinha marcas de interação com outros golfinhos que são marcas naturais.

“Como o estágio de decomposição já está avançado é difícil termos um resultado conclusivo sobre a causa da morte, mas vamos avaliar para ver o que conseguimos descobrir e também coletar algumas amostras para exames complementares. Pelo menos 30 a 60 dias para o resultado da análise ser finalizado”, explica Jeferson Dick, oceanógrafo e coordenador da Unidade de Estabilização de Animais Marinhos da UNIVALI em Penha.

Conforme populares, o animal estava entre a faixa de areia e a área de arrebentação das ondas. Eles acionaram a equipes do PMPBS que recolheu os restos mortais do golfinho.

Fotos: Cassiano Luiz Adriano

Por: Vilmar Carneiro

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"



Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News" no Telegram!

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Novo Fórum – Comarca de Penha é oficialmente instalada

12.08 – O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) oficializou a instalação da Comarca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *