Home / Policia / Empresário confessa ter matado ex-companheira em Jaraguá do Sul na noite de Natal
Slider

Empresário confessa ter matado ex-companheira em Jaraguá do Sul na noite de Natal




29.12 – O suspeito de matar a jovem Thalia Ferraz de 23 anos na noite de Natal, no bairro Rio Cerro I, rua Richard Viergutz, em Jaraguá do Sul confessou o crime em depoimento à polícia ontem (28). O delegado regional Fabiano Silveira informou que a motivação e as circunstância do crime ainda precisam ser esclarecidas ao longo da investigação.

​Thalia foi assassinada na frente de familiares por volta das 23h30 do último dia 24. O ex-companheiro, de 42 anos, é o principal suspeito de cometer o feminicídio e era considerado foragido até se apresentar à polícia.

“Ele confessou o crime, ter dado os disparos que mataram a vítima. Ele deu a versão dele sobre a motivação e as circunstância, agora precisamos confrontar com os demais elementos no decorrer da investigação”, explica o delegado.

​O prazo para entrega do inquérito é de 30 dias. A arma usada no crime foi encontrada na tarde de ontem em uma área de mata, onde o suspeito teria deixado após o crime. O homem se dispôs a colaborar na investigação e orientou os policiais até o local.

O delegado Fabiano Silveira explica que Thalia e o suspeito se conheceram há cerca de quatro meses e passaram a morar junto há um mês. O fim do relacionamento teria acontecido no dia anterior ao crime. Não houve nenhum registro na polícia de ameaça ou qualquer crime sofrido por ela ao longo deste período. 

​“Existem algumas informações, e isso está em apuração no inquérito policial, com relação a alguma ameaça que ela teria sofrido na data anterior. Existem algumas imagens que circularam nas redes sociais que nós juntamos ao inquérito policial e isso é objetivo de apuração também, assim como outras informações”, diz  Silveira.

Segundo o delegado, o suspeito afirmou que se escondeu na área de mata a cerca de três quilômetros de casa após o crime. Ele permaneceu no local até a manhã seguinte, quando pegou um carro e foi para o Paraná, na região onde nasceu, entre os municípios de Canta Galo, Goioxim e Laranjeiras do Sul.

Ele entrou em contato com o advogado e decidiu se entregar à Polícia Civil no início desta semana. Segundo Silveira, o homem é empresário em Jaraguá do Sul e não tem antecedentes criminais. Ele tem um registro de ameaça em 2015.

O crime

O suspeito teria enviado mensagens ameaçando Thalia. Nos textos, ele pergunta se ela “gosta de surpresa” e que “calma, o inferno vai chegar”.

No local, testemunhas relataram que o suspeito estava na própria residência tomando bebidas alcoólicas e, em certo momento falou que iria matar a ex-companheira que morava na residência ao lado.

Segundo relatos, o homem de 42 anos se armou com uma pistola calibre 380 e invadiu a casa da ex-companheira efetuando disparos. A vítima correu para o quarto, e o homem continuou a atirar, atingindo a jovem na altura do tórax após o projétil passar pela porta.

Na sequência, o acusado foi embora em um carro branco. A vítima não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local do crime.

Fonte: NSC e O Município

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"



Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News" no Telegram!

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Barra Velha – Caminhonete recém-roubada é recuperada na BR-101

16.08 – Na noite de ontem (15), policiais rodoviários federais recuperaram, na BR-101 em Barra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *