Home / Policia / EXECUÇÃO: MÃE DE MENINA MORTA POR ASFIXIA E JOGADA EM PISCINA É EXECUTADA COM SEIS TIROS EM JOINVILLE
Slider

EXECUÇÃO: MÃE DE MENINA MORTA POR ASFIXIA E JOGADA EM PISCINA É EXECUTADA COM SEIS TIROS EM JOINVILLE




26.12 – A Polícia ainda apura o assassinato violento de Maria Helena da Silva Francisco Neta, ontem (25), em pleno Natal. Ela era mãe da pequena Helloyse Gabriella Francisco, morta na última sexta-feira (20), por asfixia. Os dois crimes ocorreram no bairro Ulysses Guimarães, em Joinville.

Maria Helena foi morta com seis tiros disparados por um motociclista. Ela estava no quintal de casa e morreu na hora, atingida no abdômen, peito e quadril. O crime ocorreu no início da noite de ontem.

A Polícia foi acionada por volta das 19h. No entanto, a equipe da Delegacia de Homicídios e o IGP (Instituto Geral de Perícias) também estiveram no local. Mas a Polícia ainda não se sabia nada sobre suspeitos ou a motivação do crime.

Willian Kondlascht de Morais, acusado de matar a bebê Helloyse e tentar simular um afogamento, no entanto, está preso no Presídio Regional de Joinville.

Foto e fonte: ND

 

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Araquari: Polícia recupera carga de R$ 300 mil de café solúvel em empresa de reciclagem

21.10 – A DEIC recuperou uma carga de café solúvel, avaliada em R$ 300 mil, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *