Home / Policia / Feminicídio: Mulher é assassinada a facadas pelo marido em Joinville
Slider

Feminicídio: Mulher é assassinada a facadas pelo marido em Joinville




23.11 – Uma mulher, de 49 anos, foi assassinada na noite de ontem (22), em Joinville. Lurdes Maria recebeu diversos golpes de faca, que teriam sido feitos pelo marido.

O caso aconteceu por volta das 23h no bairro Vila Nova. A Polícia Militar foi acionada após vizinhos, da janela de um apartamento, verem a mulher ser agredida pelo companheiro. Ao descerem até a casa, perceberam que ela tinha sido golpeada com uma faca.

Quando a PM chegou ao local, encontrou muito sangue pela casa e o corpo de Maria de Lurdes caído na lavanderia e havia pelo menos cinco facas jogadas no chão, possivelmente uma delas foi utilizada no crime.

Uma testemunha viu o companheiro da vítima saindo do local, de camiseta verde e bermuda. Ele disse que estava indo se entregar na delegacia, no entanto, ele fugiu e até a manhã de hoje (23) ele não havia sido localizado e é considerado foragido.

Os vizinhos disseram que as brigas entre o casal eram frequentes. Não foram divulgadas informações se a vítima tinha alguma medida protetiva ou se já havia denunciado o companheiro por violência doméstica.

A Delegacia de Homicídios vai instaurar um inquérito sobre o caso. De acordo com o delegado Dirceu Silveira Júnior, o crime está sendo tratado como um feminicídio.

Receba notícias direto no seu celular!
Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News"



Participe do grupo "Noticias Região do Carneiro News" no Telegram!

Sobre Vilmar Carneiro

Vilmar Carneiro
Formado em Jornalismo pela Univali - Universidade do Vale de Itajaí. Passagens profissionais por: Rede de Comunicação Eldorado (RCE/TV- Itajaí), Jornal de Santa Catarina (Agencia RBS/Notícias), Jornal A Notícia, Diário do Litoral (Diarinho) e diretor de jornalismo da extinta Rádio Aquarela FM.

Confira também

Investigação – Polícia Civil investiga morte de criança de três anos em Penha

13.08 – A Polícia Civil investiga a morte do menino B.J., de três anos e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *